segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Usos alternativos para seu controle de Wii

No ano retrasado eu comprei um Wii. Acho um videogame bem divertido, principalmente agora que começaram a acertar a dinâmica de alguns jogos, como o excelente BOOM BLOCKS. Apesar de achar bem legal, acabei vendendo o meu para ficar só no Play3.

Nas últimas semanas de convivência com o Wii eu, muito inteligente, inventei de colocar uma pilha "dubacel" no controle, que acabou fritando e melando os circuitos do wiimote initulizando-o.


Conformado com o prejuízo, me recusei a jogar fora o controle e criei alguns usos alternativos para ele. Divido agora com os assíduos leitores:

CHAVEIRO DE MOCHILA


Fica bem divertido e ocasionalmente um nerd no metrô vem perguntar se "é de verdade?", você enfeita sua mochila e ainda corre o risco de participar de algum fórum de games na internet.


PORTA MOEDA

Com a valorização do Real as moedinhas, antes ignoradas, hoje ocupam espaço em nossas carteiras. O wiimote se mostra um excelente porta moeda e pode ser levado como chaveiro do exemplo anterior.


SABONETEIRA

Essa é pra impressionar seus amigos gamers. Quando eles forem usar a pia da sua casa vão se deparar com o wiimote amparando o sabonete. Das duas uma: ou vão te achar o máximo ou vão achar que você não transa.


ESCOVA DE DENTE

Esse já é um uso mais ousado para o wiimote. Precisa de uma ajuda de SuperBonder® para ficar usável. Basta algumas gotinhas em uma daquelas escovas de viagem e tcharam!

3 comentários:

Renato disse...

HUahuahuah
O nivel de virgindade desse eh bem baixo! kkk

Allan Escobar disse...

XDXDXDXDXDX
Muito legal vader!!XDXDXD

você poderia usá-lo como aste de uma frigideira AHAHHAHAHAHAH

ficaria louco hein!
fazer umas panquecas a moda wii
AHAHAHHAAHA

abraço!

Daniel Rodrigues disse...

Fala Vader!!!

Olha, além da maçaneta de geladeira, como já falamos ontem, você ainda pode usar como abridor de garrafas, puxador de gaveta de cueca, enfeite de aquario (imagina que legal, debaixo dágua?)..

Muito boa a da haste de frigideira, Allan

Abraços
Daniel Rodrigues